IAB-RJ organiza exposição sobre habitação de interesse social

Data: 10/03/2016

Departamento: IAB RJ

O IAB-RJ lança, no dia 15 de março, a chamada pública de projetos para a Exposição da Produção Universitária em Habitação de Interesse Social 2016 – Expo HIS 2016. A iniciativa visa a destacar o tema da Habitação de Interesse Social como central para a garantia da qualidade de vida das cidades. A Expo HIS 2016 será aberta a arquitetos recém-formados e a estudantes que tenham cursado disciplinas de habitação de interesse social nos cursos de Arquitetura e Urbanismo da Universidade ou das faculdades do estado do Rio de Janeiro.

O projeto Expo HIS 2016 colocará em discussão um dos eixos centrais do 27º Congresso Mundial de Arquitetura da União Internacional dos Arquitetos – UIA 2020 RIO: arquitetura autoproduzida. “A exposição vai contribuir para amadurecermos as reflexões sobre o tema da habitação no Rio e no país. Para o congresso de 2020, será fundamental também. Receberemos cerca de 15 mil arquitetos de todo o mundo para discutir essa e outras questões fundamentais para a construção de cidades mais democráticas e equânimes”, explicou o presidente do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira.

O Congresso Mundial de Arquitetos da UIA é o maior evento mundial da arquitetura. É promovido pela União Internacional dos Arquitetos e organizado por uma das seções-membro da entidade internacional. O Congresso acontece a cada três anos, e a escolha da cidade-sede é feita seis anos antes do evento.

O 27º Congresso Mundial da UIA tem o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ), da Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA), da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP), da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA), da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA), da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (ANPARQ), do Conselho Internacional de Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP) e da Federação Pan-Americana de Associações de Arquitetos (FPAA).

Post sem comentários! Comentar o post

Comentários (01)

Como faz para enviar o projeto?

responda esse comentário>>