IAB-RJ amplia categorias da 52ª Premiação Anual

Data: 30/10/2014

Departamento: IAB RJ

O Departamento Rio de Janeiro do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ) publicou nesta quarta-feira, 29 de outubro, a ampliação do edital da 52ª Premiação Anual e do 31º Prêmio Arquiteto do Amanhã, e tornou o tema "Baía de Guanabara" uma nova categoria da competição. Assim, além dos trabalhos nas categorias tradicionais da premiação, os arquitetos do país poderão apresentar seus projetos e propostas para a frente marítima da bacia da Baía de Guanabara, com o objetivo de promover reflexões sobre um novo conceito de requalificação urbana da baía. Os editais estão disponíveis no site www.iabrj.org.br.
 
Os temas da Premiação anual são: Arquitetura de Edificações; Desenho e mobiliário urbano; Urbanismo e Paisagismo; Produção Teórica; e Bacia da Baía de Guanabara. Já o Prêmio Arquiteto do Amanhã se divide em Arquitetura de Edificações; Urbanismo e Paisagismo; e Bacia da Baía de Guanabara. Os prêmios daPremiação Anual e do Arquiteto do Amanhã serão entregues na Festa Anual do IAB-RJ, marcada para o dia 12 de dezembro, a partir das 19h, na sede do Instituto de Arquitetos.
 
Edital da 52ª Premiação Anual do IAB-RJ
 
Edital do 31º Prêmio Arquiteto do Amanhã
 
A 52ª Premiação Anual é aberta aos sócios titulares do IAB-RJ, aos demais departamentos do IAB e aos arquitetos e urbanistas interessados em inscrever trabalhos de sua autoria. As inscrições podem ser feitas pessoalmente na sede do IAB-RJ, no Flamengo, ou pelo e-mail iabrj@iabrj.org.br, até o dia 28 de novembro. Os trabalhos inscritos devem ser entregues no IAB-RJ até o dia 28 de novembro. O valor da taxa de inscrição é de R$ 150,00.
 
O Prêmio Arquiteto do Amanhã é aberto a profissionais recém-formados, que concluíram o curso de Arquitetura e Urbanismo em universidades e faculdades do estado do Rio de Janeiro, e a estudantes, a partir do 8ª período, dos mesmos cursos. O período de inscrição é o mesmo da Premiação Anual, vai até o dia 28 de novembro. O valor da inscrição é de R$ 50,00.
 
A vice-presidente de Relações Socioculturais do IAB-RJ, Cêça Guimaraens, explica por que o Instituto resolveu colocar em destaque a requalificação urbana da bacia da Baía de Guanabara este ano: “A proposta é ampliar a visibilidade da Baía, compreendida como um elemento aglutinador da cidade metropolitana do Rio de Janeiro.”

Post sem comentários! Comentar o post