IAB lamenta morte de Flávio Motta, aos 92 anos

Autor: IAB-SP Data: 11/07/2016

Departamento: IAB SP

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), em especial o Departamento São Paulo (IAB-SP), lamenta a morte do professor Flavio Motta, aos 92 anos, na sexta-feira 8 de julho.
 
Formado em filosofia na Universidade de São Paulo (USP), começou a desenhar desde muito jovem. Em 1949, fundou a Escola Livre de Artes Plásticas com Alfredo Volpi, Aldo Bonadei, entre outros. Na década de 1950, participou do curso de formação para professores do Museu de Arte de São Paulo, curso que teve sua continuidade na Fundação Alvares Penteado. Tornou-se professor de História da Arte e Estética do Projeto na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), onde formulou, junto com Vilanova Artigas, o currículo da escola. Realizou diversas intervenções artísticas na cidade e ganhou prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte, em 1975, pelos painéis apostos no elevado sobre a Avenida Amaral Gurgel, em São Paulo.
 
Como professor, Flavio Motta influenciou e guiou várias gerações. Devido ao seu profundo conhecimento da arquitetura e das artes, além de seu enorme amor ao ensino e a educação dos jovens, foi fundamental na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP.

Post sem comentários! Comentar o post