Exposição prorrogada até maio | IAB Brasil

Exposição prorrogada até maio

Data: 27/01/2020

Departamento: Nacional


A exposição Instituto de Arquitetos do Brasil – Rumo ao Centenário foi prorrogada e está aberta à visitação no Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro até 3 de maio.  O evento abre as comemorações de um ano pelo centenário da entidade, em janeiro 2021.  

Organizada pelo IAB-RJ, a exposição traz uma Linha do Tempo com fatos marcantes da história do IAB e é um convite para conhecer mais a trajetória da entidade e participar das reflexões sobre seu futuro. "Os objetos de memória que compõem esta exposição contextualizam desde o momento da fundação do IAB, prenúncio de uma revolução que se anunciava e eclodiria no ano seguinte, com a Semana da Arte Moderna e o movimento que transformaria para sempre a identidade da arquitetura brasileira”, comenta o presidente do IAB-RJ, Igor de Vetyemy. Ele assina a curadoria da exposição junto à copresidenta de cultura do Instituto Ligia Tammela e a Conselheira Superiora Cêça Guimaraens. 

A história do IAB é contada na exposição: uma linha do tempo indica momentos em que o instituto participou de forma efetiva das transformações da sociedade, como na defesa da anistia, da libertação de presos políticos e da convocação de Assembleia Constituinte. Vale ressaltar que o local da exposição remonta aos primórdios do Instituto: o MNBA é um projeto de Adolfo Morales de los Rios, um dos fundadores do IAB, e foi lá que 27 arquitetos resolveram criar uma instituição representativa dos profissionais da área.  Fazem parte também obras de Le Corbusier, Ubi Bava e Cândido Portinari, que integram o acerto do MNBA. “São imagens que contam a evolução da arquitetura brasileira, sobretudo no Rio de Janeiro”, diz Cláudia Rocha, coordenadora técnica do Museu.

Em seu discurso de abertura da exposição, dia 26 de janeiro, o presidente do IAB, Nivaldo Andrade, destacou que ao longo de quase um século, o IAB vem atuando na valorização da arquitetura, em suas dimensões social, cultural e técnica, e na defesa da sociedade em temas como urbanismo, meio ambiente e preservação do patrimônio.

“O IAB se constituiu  na maior, mais ramificada e mais representativa entidade de arquitetos do país, reconhecida pela defesa intransigente da arquitetura, do papel social dos arquitetos na qualificação das cidades e das condições de vida das pessoas, por pugnar pelos concursos públicos como forma mais democrática de contratação de projetos e, por último, mas não menos importante, na defesa da democracia, bandeira arduamente defendida pelo nosso instituto mesmo quando ela esteve gravemente ameaçada" disse NIvaldo.

Ele ainda acrescentou que o IAB "chega às portas do centenário com o imenso desafio de organizar o maior encontro de arquitetos do mundo. O 27º Congresso Mundial de Arquitetos, o UIA2020RIO, que se realizará pela primeira vez no Brasil em julho deste ano, aqui no Rio, e durante o qual pretendemos reunir de 15 a 20 mil arquitetos para discutir os desafios da profissão em um mundo globalizado, no qual cada vez mais as fronteiras – territoriais e também disciplinares – se diluem".

 

Galeria de imagens

Post sem comentários! Comentar o post