Contratação Integrada pode ser aprovada no Senado esta semana | IAB Brasil

Contratação Integrada pode ser aprovada no Senado esta semana

Data: 04/08/2014

Departamento: Nacional

Obras paradas, superfaturadas e sem planejamento. Isso é o que ocorre com a contratação integrada, modelo que exclui a obrigatoriedade de apresentar o projeto básico ou executivo para a execução das obras, tendo como consequência a baixa qualidade das obras públicas. A contratação integrada retorna à pauta do Senado Federal esta semana, quando será votado o PLS 559, que pretende revisar a Lei de Licitações de 1993 e, com isso, voltar à incluir essa modalidade de regimento. A polêmica foi tema de matéria publicada no Correio Braziliense nesta segunda-feira, 4 de agosto.
Veja também:

Ampliação do RDC é criticada pela Federação Panamericana de Arquitetos
Senadores da oposição e da base aliada criticam extensão do RDC
Plenário rejeita ampliação do RDC para todas licitações públicas
​Presidentes de entidades de arquitetura comemoram a vitória em votação do RDC

A contratação integrada é o ponto mais polêmico do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), que no início do ano foi tema de diversos debates e foco de artigos na classe de arquitetura e urbanismo. Na prática, a contratação integrada e a falta da apresentação de projeto abrem brechas para o superfaturamento de obras públicas. O Senado, em um “esforço concentrado”, votará esta e outras pautas esta semana, antes que os parlamentares retornem à campanha nos estados.

Leia a matéria na íntegra no site do Correio Braziliense: Congressistas concentram trabalho de agosto em apenas dois dias
Últimas notícias

Vice-presidente do IAB-RJ participará de painel na Cidade do Cabo, na África do Sul
Candidatura do Rio para sediar Congresso da UIA em 2020 é destaque
Eduardo Paes aposta na experiência do Rio para o urbanismo do mundo
1ª Convocação 146º Reunião do Cosu - Brasília

Post sem comentários! Comentar o post