Projeto de revitalização da Praça Mauá

Autor(es): ABR-BLAC (B+ABR)

Data: 03/11/2015


Conceito em pequenos destaques
  • Praça como elemento de ligação entre o passado (Sacadura Cabral, Largo da Prainha, etc), presente (Rio Branco, MAR) e futuro (novo boulevard e museu do amanhã)
  •  Ligação e conexão da cidade com o a Baía: O setor Norte da praça possui arborização e disposição de bancos mais densa e qual se dilui e desaparece abrindo a paisagem para a baía de Guanabara
  • Um perímetro bem delimitado, a Praça “Tradicional*: ao longo do perímetro da praça (MAR, A Noite e RB1) foi reforçado o alinhamento das árvores existentes e implantados as jardineiras criando aí um perímetro arborizado e sombreado onde estão bancos e locais de descanso. O Perímetro se destaca deixando o centro da praça claramente delimitado.
  •  O “oásis” junto a Baía: Próximo ao Museu do Amanhã e da Baía de Guanabara foi criado um jardim, um pequeno “oásis” arborizado, gramado e com bancos. Local de descanso e contemplação da baía e do novo museu.

Clique aqui, e faça o download do projeto em PDF

Sobre:Urbanizada no início do século passado, quando a grande reforma do prefeito Pereira Passos aterrou 1,5 milhão de metros quadrados para a construção do Porto do Rio, a Praça Mauá nasceu com a antiga Avenida Central, atual Avenida Rio Branco. Batizada em homenagem a Irineu Evangelista de Sousa (1813-1889), o empreendedor e abolicionista Barão de Mauá, representava a integração da cidade ao Porto e à Baía. No centro da revitalização da Região Portuária, na esplanada diante do Museu do Amanhã, a Praça Mauá se volta novamente ao futuro com o mesmo espírito de integração e desenvolvimento.

Colaboradores

  • .