Palhoça debate implantação da lei que concede arquitetura para todos

Data: 16/10/2015

Departamento: IAB SC

Presidentes de associações de moradores, prefeitos e representantes de prefeituras da região de Palhoça, região metropolitana da Grande Florianópolis, debateram a necessidade de implantação da lei 11.888/2008, que prevê assessoria gratuita de arquitetos para projetos de construção, reforma e ampliação de imóveis de famílias de baixa renda. O evento foi promovido no último dia 13, pelo departamento de Santa Catarina do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-SC) em parceria com o núcleo Palhoça da  entidade.

Em discurso unânime, os convidados mostraram as áreas de risco ou de maior vulnerabilidade de cada cidade e reiteraram a necessidade de tirar a lei do papel para que possa beneficiar as pessoas que realmente precisam. “A lei 11.888 precisa ser imediatamente implantada para que possa garantir segurança às famílias de baixa renda. Parabéns ao IAB-SC por promover este debate”, comentou Silvia Lenzi, arquiteta, que participou do encontro representando o Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU).

Camilo Martins, prefeito de Palhoça, se colocou à disposição para ajudar no que for preciso. “Precisamos pensar o organismo como um todo. Não será fácil, mas o poder público tem de ser parceiro e estar aqui para ajudar os que mais precisam”, argumentou.

Para Vania Burigo, presidente do IAB-SC, os seminários, que ocorrerão em outras cidades catarinenses, servem para entender o problema dos municípios, apontar caminhos e adotar estratégias eficazes para resolvê-los. “O objetivo do Instituto é fazer esta lei acontecer. Estamos muito determinados e felizes em ver a adesão das prefeituras e de ouvir seus relatos”, diz.

 

Outros eventos

Florianópolis foi a primeira cidade a receber o seminário, no dia 18 de setembro. Além do evento em Palhoça, ocorrerão encontros em Joinville (15 de outubro), Blumenau (4 de novembro), Brusque (5 de novembro), Criciúma (6 de novembro),  Chapecó (12 de novembro), e em Balneário Camboriú (16 de novembro).

O seminário é uma realização do IAB-SC, com patrocínio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina (CAU/SC), da empresa BBa Envidraçamentos e contou com apoio institucional da Secretaria Estadual de Assistência Social, Trabalho e Habitação de Santa Catarina (SST-SC), Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Colegiado de Entidades de Arquitetos e Urbanistas de Santa Catarina (Ceau-SC) e da Caixa Econômica Federal.

Post sem comentários! Comentar o post