Palestra do IAB CE discutiu o Metrô do Ceará

Data: 30/10/2015

Departamento: IAB CE

Na ultima terça (27), o IAB realizou o Arquitetura e Urbanismo em Debate do mês de Outubro com o tema "Planejamento e Metrô", o evento touxe para discutir e apresentar a situação do Metrô no estado do Ceará. O presidente da Companhia Cearense de Transportes Metropolitano (METROFOR), Eduardo Hotz. O mediador do Debate foi o presidente do IAB CE, Custódio Santos.

As diferenças de um projeto de metrô para um projeto arquitetônico, o histórico do trabalho do arquiteto até a chegada a presidência da METROFOR,e a realização de que poucos integrantes da plateia já ultilizaram o metrô foram os pontos iniciais da palestra.A apresentação das linhas do Estado foram o foco de boa parte da apresentação. O estado conta no total de 70 km de linhas,com a linha sul (èletrica), a linha oeste ( ainda movida a diesel) , a linha do Cariri, e a de Sobrall,que ainda está em fase assistida (o metrô funciona,mas durante certos horarios e não é cobrado passagem).A linha Leste,tem uma previsão de ser completada em 5 anos, e a revitalização da linha oeste tem prazo de 3,5 anos.

Eduardo Hotz destacou que  o principal objetivo agora da METROFOR e a consolidação das 4 linhas já em funcionamento e apontou que o problema não é a falta de metrô, mas a integração desse sistema. a maior dificuldade para a expansão do Metrô no Estado, é a questão de verbas, com uma diminuição de repasse nacional e estadual. e também pela recente  mudança da METROFOR, da Secretaria da Infraestrutura (SEINFRA) para a Secretaria das Cidade que trouxe consigo atrasos de resoluções,por causa do tempo de transição.

A importância da pesquisas OD( Origem - Destino) também foram discutidas,e que o periodo de valdade de uma pesquisa dessas, que  trata sobre o fluxos de movimento de pessoas numa cidade, tem uma validade de 1O anos e é precisa ser atualizada depois de 5 anos.Tal pesquisa foi feita em Fortaleza em 1996.   

O Arquiteto e Urbanista, Fausto Nilo, descorreu sobre como as Cidades são pensadas, a importância da proximidade e como muitas vezes o transporte não é tratado ou pensado como a peça importante que é no ambiente da cidade e que os transportes deviam ser pensados para a cidade, e não ao contrario,criticando a importância que se deu em Sobral para os trilhos,quando ônibus seriam uma opção mais eficaz para o tamanho da Cidade, e ainda seria uma opção que permitiria mudanças de linhas muito mais baratas e rápidas se preciso. Em questão de Fortaleza, O arquiteto deixou o convite para a METROFOR para participação dos encontros do Plano Fortaleza 2040, plano que pensa as mudanças para Fortaleza em conjunto com a sociedade. O plano Fortaleza 2040 vai ser o próximo tema do Arquitetura e Urbanismo em Debate de Novembro.

A Galeria de fotos pode ser encontrada aqui.

A apresentação do Arquiteto e Urbanista, Eduardo Hotz  pode ser encontrada aqui. 

Post sem comentários! Comentar o post