Indio da Costa discute propostas para o Rio no IAB-RJ

Data: 29/09/2016

Departamento: IAB RJ


O IAB-RJ promoveu nova roda de debate com os candidatos a prefeito do Rio de Janeiro na quarta-feira, 28 de setembro. Dessa vez, o convidado foi o Indio da Costa (PSD). Em conversa com arquitetos, o político disse que quer desburocratizar a administração pública e, para isso, vai trabalhar para simplificar o código de obras do município. Ele adiantou também que o responsável pela articulação metropolitana será o seu vice, Hugo Leal.
 
Para tirar do papel todas as propostas que tem para o Rio, Indio da Costa sabe que terá que trabalhar muito. O candidato pretende criar um centro de licenciamento de obras. A nova instância administrativa será focada no extraordinário. “Não cabe à Prefeitura autorizar ou deixar de autorizar se você quer fazer um mezanino na sua residência. O município precisa atuar no que realmente importa. A ideia é desburocratizar a máquina”, afirmou.
 
A integração entre os órgãos é outra preocupação do candidato. Para tratar da questão, Indio aposta nas novas tecnologias e na participação social. “Com as novas tecnologias, os processos podem ser acelerados. Novos canais de comunicação podem aproximar a população da Prefeitura e das decisões da cidade”, explicou.
 
Para o presidente do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira, é preocupante a falta de integração entre as secretarias municipais. “Em debates sobre o Campus Fidei para elaboração do Plano Geral de Ocupação e Ordenamento de Guaratiba, observamos que a Secretaria Municipal de Urbanismo (SMU) não tinha conhecimento das ações promovidas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC). Isso é grave”, alertou Pedro da Luz.
 
Ao falar sobre mobilidade urbana, Indio da Costa defendeu a aproximação do trajeto casa – trabalho. Para isso, vai investir na construção de novas moradias em áreas consolidada da cidade, com edifícios multifamiliar e mix de extratos sociais. Questionado sobre a política para as habitações de interesse social, o candidato disse que o caminho para trabalhar nessa área é a concessão da titularidade do terreno, o que demanda mudança na legislação.
 
Ao término do evento, Indio da Costa leu o documento compromisso do IAB aos candidatos e o documento “Direito a um Rio de Janeiro democrático e sustentável” do IAB-RJ. Concordou com todas as colocações e subscreveu as duas cartas.
 
Compromisso pela qualidade das obras e transparência nos gastos públicos
Direito a um Rio de Janeiro democrático e sustentável

Post sem comentários! Comentar o post