IAB-RS entrega Prêmio José Albano Volkmer 2015

Autor: IAB-RS Data: 30/06/2016

Departamento: IAB RS


Na noite da última quarta-feira, dia 29 de junho de 2016, o IAB-RS promoveu, no Ponto de Cultura Solar do IAB, em Porto Alegre, a cerimônia de entrega do Prêmio IAB-RS 2015 José Albano Volkmer e abertura da exposição pública dos trabalhos inscritos. O evento contou com a participação do CAU/RS, SENGE-RS, SAERGS, AsBEA e AGAPAM, além representantes da UFPEL, UCPEL, URCAMP, URI Santiago, IMED Passo Fundo, Univates, UCS, Ulbra Torres, Unifra Santa Maria, PUC RS, UniRitter, UFRGS, Unisinos e UNISC.
 
Os concorrentes ao prêmio foram arquitetos gaúchos recém-formados que no ano passado receberam em suas faculdades a Menção Honrosa pelo melhor trabalho de conclusão de curso de arquitetura e urbanismo.
 
Na ocasião, foi revelado a vencedor Pedro Terra Oliveira, da PUCRS, com o projeto “Infraestrutura da Paisagem - Valorização Cultural e Turística de Mostardas/RS”, que teve como professor orientador a arquiteta Maria Dalila Bohrer, em 2015/02.  Ele recebeu como troféu uma obra de arte criada pelo artista plástico Vinicius Vieira, um certificado de melhor projeto, além de uma bolsa de estudos 100% para participar dos cursos promovidos pelo IAB RS, durante o período de um ano.
 
Os quatro destaques da noite anunciados foram Janaína Kuhn, da Univates, com o projeto “Centro de Gastronomia e Entretenimento”;Bianca Estefani Kelm, da UFPEL, com o projeto “Escola de Gastronomia”; Bruna Souto Silveira, da UniRitter, com o projeto IEAVI - Instituto Estadual de Artes Visuais; e Eduardo Cezar Kopittke, da UFRGS, com o projeto “Casa das Artes”. Todos os destaques também receberam certificados e bolsa para realizarem um curso do IAB RS.
 
Segundo o vencedor do Prêmio, Pedro Oliveira, a ideia de seu projeto é mostrar uma possível requalificação da área central da cidade, através da integração e normatização da ocupação, ajustando as relações entre espaços abertos e espaço construído, além de regulamentar as relações das fachadas com os espaços públicos. “O projeto propõe inserções respeitosas nas áreas de preservação como o Parque da Lagoa do peixe, buscando contribuir na valorização da observação das aves, e ainda proporcionar às pessoas um bom momento de lazer com as práticas de esportes e trilhas”, explicou o vencedor.
 
Para Janaína Kuhn, da Univates, a escolha do tema se deve à insuficiência de locais dessa natureza na cidade de Lajeado, já que pessoas de outras localidades também se deslocam para o município a trabalho, estudo ou busca por entretenimento.
 
Bianca Kelm, da UFPEL, disse que seu projeto busca incentivar ainda mais a cultura gastronômica de Pelotas trazendo mais atenção à essa tendência mundial emergente. “ Criei espaços conectados com o exterior e com a vida estudantil com a ideia de trazer mais tempero aos pratos preparados pelos aspirantes e perfumarão o cotidiano dos que transitam pelos pátios”, explicou Bianca.
 
A destaque Bruna Silveira, da UniRitter, contou que o tema proposto em seu projeto é de total relevância à produção e reconhecimento da identidade artística cultural dos gaúchos. “A proposta de um edifício sede para a instituição, somada à sugestão de localização, parte da observação do já consolidado corredor cultural do bairro Centro Histórico da cidade. O sítio designado para a implantação do projeto seria um pequeno quarteirão em frente ao Cais Mauá inadequadamente subutilizado como estacionamento do Exército”, informa Bruna.
 
O destaque da UFRGS, Eduardo Cezar Kopittke, explicou que o projeto “Casa das Artes” se desenvolve no terreno onde se encontra o último casarão sem uso da avenida Independência, em Porto Alegre. “Além de ter a afinidade histórica com a cultura porto-alegrense, o terreno também está em ótima localização, na região central da cidade, com boa acessibilidade e infraestrutura”, destacou kopittke.
 
Para o presidente do IAB RS, Tiago Holzmann da Silva, o Prêmio IAB destaca o estudante formando de cada turma de cada faculdade do Estado para que esta importante transição fique registrada. “Mais do que destacar projetos específicos ou individualidades, nos interessa o ato simbólico do reconhecimento da qualidade dos jovens arquitetos, de seus professores e orientadores e das faculdades de arquitetura, representados todos por um integrante de sua turma e por um trabalho destacado”, afirmou o presidente.
 
Tiago também lembrou que o Prêmio IAB foi criado nos anos 90 pelo ex-presidente Danilo Landó, e teve seguimento desde então com os ex-presidentes José Albano Volkmer, Iran Rosa e Carlos Alberto Sant’Ana. “O Prêmio IAB leva o nome do Albano em homenagem e reconhecimento à sua trajetória no ensino, à paixão pela arquitetura e pelo patrimônio e à sua maneira generosa e cativante de estímulo constante aos estudantes e jovens arquitetos”, informou.
 
O Prêmio CAIXA IAB RS 2015 José Albano Volkmer destacou o melhor trabalho de conclusão dos cursos de arquitetura de Instituições gaúchas em 2015. O julgamento dos trabalhos ocorreu nos dias 03 e 04 de junho, no IAB RS, em sessão fechada. Os arquitetos Alexandre Couto Giorgi, Cesar Dorfman e Klaus Bohne, que formaram a comissão julgadora do Prêmio, avaliaram 33 projetos do primeiro e segundo semestre de 2015. A coordenação foi dos arquitetos Eloise Mudo, Marcelo Brinckmann e Tiziano Filizola, integrantes da diretoria do IAB RS.

Projeto vencedor: Pedro Terra Oliveira (PUCRS) - “Infraestrutura da Paisagem - Valorização Cultural e Turística de Mostardas/RS”










Projeto destaque: Janaína Kuhn (Univates) - “Centro de Gastronomia e Entretenimento”











Projeto destaque: Bruna Souto Silveira (UniRitter) - IEAVI - Instituto Estadual de Artes Visuais

Post sem comentários! Comentar o post