IAB repudia decisão de SuperVia

Data: 01/08/2015

Departamento: Nacional


O episódio ocorrido nas proximidades da estação de trem de Madureira, na terça-feira, 28 de julho, quando um trem foi autorizado pela concessionária - SuperVia - a passar por cima do corpo de um homem que havia sido atropelado momentos antes, revela o desrespeito com os usuários e a sociedade. O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) critica a atitude da SuperVia.

"O IAB considera um ato de barbárie. Uma falta de humanidade. Um trágico ápice de uma soma de problemas que inclui estações degradadas e sem acessibilidade, horários irregulares, equipamentos superados e um público atendido em número muito inferior às possibilidades e abrangência da rede. Sobretudo, o fato indica um despreparo inaceitável na operação de um serviço público essencial, que se encontra concedido à empresa há quase 20 anos."
 

Sérgio Magalhães
Presidente do IAB

(Crédito da foto: Leandro Rocha)
 

Post sem comentários! Comentar o post