IAB-MG divulga vencedores da sua 16ª Premiação de Arquitetura

Data: 19/01/2015

Departamento: IAB MG

O IAB-MG divulgou na segunda-feira, 12 de janeiro, as pranchas dos projetos vencedores da 16ª Premiação de Arquitetura do IAB-MG em seu blog oficial. Ao todo, dez trabalhos foram premiados e dois receberam menções honrosas. A competição foi aberta aos arquitetos formados e recém-formados até 2013 e a estudantes no último ano da graduação, que tivessem completado o Trabalho Final de Graduação (TFG) até novembro de 2014.

Na categoria “Obras Construídas”, foram premiados os projetos “Casa F2”, de Fernanda Gomes Rabelo (subcategoria Habitação unifamiliar); “Galeria Tunga”, de Maria da Paz de Moura Castro (subcategoria Edifícios para fins culturais e educativos); “Restauração da Santa Casa de Juiz de Fora”, de Moema Falci Loures (subcategoria Conservação, reutilização, requalificação e valorização do patrimônio construído); “Museu de Sant’Ana”, de Gustavo Penna (subcategoria Conservação, reutilização, requalificação e valorização do patrimônio construído); e Espaço Interativo Ciências Vida (EICV), de Leandro dos Santos Magalhães e  Fernando Pacheco do Nascimento (subcategoria Projetos especiais: museuografia). O trabalho “Vestiário Clube Campestre”, do arquiteto João Antonio Valle Diniz, recebeu menção honrosa na subcategoria Sistema construtivo em aço.

Na categoria Planos e Projetos, apenas o projeto “Edifício Alto Buritis”, de Luiz Felipe de Souza Quintão, foi premiado. Ele concorreu na subcategoria Habitação multifamiliar. O trabalho “Edifício Lua”, de Ricardo Gomes Lopes, recebeu menção honrosa na subcategoria Habitação multifamiliar.

As obras “Antonio Francisco Lisboa: Moldagens de Gesso como instrumento de preservação da sua obra”, de Alexandre Mascarenhas, e “A Pedra e o Tempo", de Flávio Lemos Carsalate, foram premiados na categoria Livros e Ensaios Crítico. O trabalho “A Paisagem de Ouro Preto”, de Maria Manoela Gimmler Netto, foi o vencedor na categoria Trabalhos Teóricos, Ensaios Fotográficos ou Textos Críticos e Monografias não Publicadas. Na categoria Trabalho Final de Graduação, o vencedor foi André Brandão de Castros, com “Escola-Praça”.


Post sem comentários! Comentar o post

Comentários (01)

Poderiam disponibilizar os trabalhos em tamanho maior para podermos ler e apreciar melhor.
Parabéns aos projetistas.

responda esse comentário>>