IAB lança Concurso UIA 2020 RIO para a escolha da Identidade Visual do 27º Congresso Mundial de Arquitetos

Data: 18/12/2015

Departamento: Nacional

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) lançou, na noite de quinta-feira, 17 de dezembro, na sede do IAB-RJ, no Flamengo, o Concurso UIA 2020 RIO. A iniciativa visa a escolher a identidade visual do 27º Congresso Mundial de Arquitetos da União Internacional dos Arquitetos (UIA) – UIA 2020 RIO, que será realizado pela primeira vez no Brasil em 2020. A competição é aberta a arquitetos e designers de todo o país. Estrangeiros associados a profissionais brasileiros poderão participar. O prazo de inscrição é de 18 de dezembro a 29 de janeiro de 2016. O edital e as demais informações estão disponíveis no site concursouia2020rio.iabrj.org.br.
 
Participaram da cerimônia de lançamento do concurso da marca do UIA 2020 RIO o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR), Haroldo Pinheiro, o presidente da Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA), Jeferson Salazar, o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ), Jerônimo de Moraes Neto, e o presidente do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira. O presidente do IAB, Sérgio Magalhães, foi representado pela secretária geral da entidade, Fabiana Izaga. Conselheiros do CAU/RJ também prestigiaram o evento.
 
Segundo o coordenador do concurso, Claudio Taulois, a identidade visual do UIA 2020 RIO deverá despertar nos arquitetos de todo o mundo o interesse em participar do evento, permitindo leitura clara e associação imediata com o congresso. “Ela deverá ainda causar impacto positivo nos profissionais, nas instituições e nas empresas cuja adesão ao evento como patrocinadores é esperada”, explicou Taulois. A designer consultora da competição Bitiz Afflalo lembrou que a marca deve destacar a arquitetura latino-americana no mundo e, de alguma forma, refletir o espírito do Rio de Janeiro.
 
Com o tema “Todos os Mundos. Um só Mundo. Arquitetura 21”, o congresso reunirá cerca de 15 mil arquitetos no Rio de Janeiro para discutir a realidade das cidades no Século XXI, expressa nas múltiplas e contrastantes formas de sua construção, assim como a necessidade da atuação dos arquitetos em todos os espaços e meios sociais. O evento é considerado o maior da capital carioca após os Jogos Olímpicos de 2016.
 
Cinco grandes temas foram definidos pelo IAB, e aprovados na 148ª Reunião do Conselho Superior do Instituto/ COSU, para nortear os debates do evento: Arquitetura e cultura – papel, responsabilidade, modos de produção; Arquitetura autoproduzida; Cidade, paisagem e ambiente; Urbanismo e o desenho da cidade; e Metrópoles, cidades médias: infraestrutura e gestão.
 
Ao falar sobre a importância do UIA 2020 RIO para a valorização da profissão no país, o presidente do IAB-RJ destacou o importante apoio das entidades nacionais de arquitetura e urbanismo. “As parcerias e as contribuições de conteúdo são fundamentais para garantir o sucesso do evento. Temos quatros anos para mobilizar toda a categoria e fazer com que a sociedade brasileira tenha melhor compreensão das ações de projeto e de plano. Pesquisa recente do CAU/BR e do Instituto Datafolha mostrou que apenas 8% da população sabe quais são as atividades desempenhadas pelo arquiteto. Um dos objetivos do IAB é chegar em 2020 com essa informação mais apurada”, afirmou Pedro da Luz.
 
O presidente do CAU/RJ lembrou que a delegação brasileira estava, em agosto de 2013, em Durban, na África do Sul, para defender a candidatura do Rio para sediar o congresso de 2020. Melbourne e Paris eram os outros concorrentes. “Superado mais esse difícil desafio, temos agora que organizar o congresso de 2020. O lançamento do concurso da identidade visual do UIA 2020 RIO é a primeira iniciativa para ampliarmos a divulgação do evento entre os arquitetos e atrair empresas interessadas em participar do evento”, explicou Jerônimo de Moraes. O arquiteto indicou ainda como imediata a definição da agenda para os próximos anos até a realização do evento.


Para Jeferson Salazar, existe um consenso entre as entidades nacionais de arquitetura de ser preciso construir ações conjuntas visando o caminho até 2020: “Entendo que as nossas entidades têm responsabilidades diferentes e complementares. O congresso representa uma oportunidade ímpar de levarmos o que é arquitetura e de ressaltar a importância da profissão à população. Temos, pela frente, tempo suficiente para mostrar que a arquitetura não é apenas os grandes projetos, forma mais recorrente que as pessoas veem o trabalho dos arquitetos. A atividade também está presente nas pequenas intervenções e no dia a dia das pessoas comuns.”
 
Entusiasmado com o lançamento do Concurso UIA 2020 RIO, Haroldo Pinheiro parabenizou o IAB por promover um concurso aberto a profissionais estrangeiros. “O instituto está de parabéns pela coragem. Abrir a competição para arquitetos e para designers de outros países é muito pertinente”, disse o presidente do CAU/BR. Segundo o arquiteto, é preciso aproveitar os próximos quatro anos para aprofundar os debates. “Em 2020, temos que estar com os temas mais amadurecidos para proporcionarmos uma discussão mundial de interesse efetivo”, avaliou.
 
A secretária geral do IAB, Fabiana Izaga, aproveitou o momento para agradecer o apoio do CAU/RJ na realização do Concurso UIA 2020 RIO, do CAU/BR nas obrigações junto à UIA e da FNA na promoção de ações conjuntas com os arquitetos brasileiros.
 
O UIA 2020 RIO tem ainda o apoio do Conselho Internacional de Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP), da Federação Pan-Americana de Associações de Arquitetos (FPAA), da Associação Brasileira de Arquitetura Paisagística (ABAP), da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA), da Associação Brasileira de Ensino de Arquitetura e Urbanismo (ABEA), da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR) e da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (ANPARQ).

Galeria de imagens

Post sem comentários! Comentar o post