Fernanda Torres sugere criação de plano para o Arco Metropolitano do Rio

Data: 13/01/2015

Departamento: Nacional

A viagem de carro, com a família, para curtir as festas de fim de ano em Mangaratiba, via Arco Metropolitano, foi o assunto do post de sábado, 10 de janeiro, da atriz Fernanda Torres no blog da revista Veja Rio. Apesar da desconfiança, Fernanda diz que a rodovia é um "milagre ainda desconhecido dos fluminenses" e seguiu o caminho em asfalto liso, acompanhada de raros veículos que se aventuraram pelo mesmo caminho.

Surpreendida com a paisagem da zona rural do entorno da estrada, a atriz prevê, num prazo de dez anos, a completa transformação da região pelo crescimento urbano desordenado:

“O Arco vai influir na paisagem. Em uma década, tenho certeza, as terras por onde passa a rodovia estarão ocupadas por um crescimento desordenado de casebres e pequenos negócios que sempre vêm a reboque do progresso. As fazendas ganharão valor de permuta, a especulação loteará o campo, e a beleza, ainda intocada, da região resistirá apenas na memória do meu filho. Um dia, não muito distante de agora, ele contará aos netos que se lembra de ter visto o verde por ali.”

No desfecho do texto, Fernanda sugere a criação de um plano inteligente de ocupação das cercanias do Arco Metropolitano. Ela defende o replantio de toda a área, desde a serra até o asfalto. “O PAC do reflorestamento do Matoso, a reserva do Arco ou algo que o valha”, escreveu Fernanda Torres.

Clique aqui e leia a íntegra do artigo no site da Veja Rio.

(Crédito da foto: Carlos Magno)

Post sem comentários! Comentar o post