Evento lança programação do 27º Congresso Mundial de Arquitetos

Data: 29/08/2019

Departamento: Nacional

Vinte mil arquitetos de todo o mundo virão ao Rio de Janeiro em 2020 para três mega eventos, 12 seminários, mais de 50 exposições de arte e iniciativas culturais, e concursos para estudantes e jovens profissionais. Tudo isso vai acontecer em torno do 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2020RIO), que vai envolver até algumas das festas mais famosas do mundo, como o Réveillon na Praia de Copacabana e o Carnaval carioca.

A programação do UIA2020RIO, organizado pela União Internacional dos Arquitetos (UIA) e pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), foi lançada nesta terça-feira (27 de agosto) em solenidade na Casa Firjan. O objetivo do Congresso, que acontecerá de 19 a 23 de julho do ano que vem, é discutir o futuro das cidades para uma sociedade mais justa e sustentável. Por conta do evento, o Rio de Janeiro se tornará, em 1º de janeiro, Capital Mundial da Arquitetura, um título inédito concedido pela UNESCO e pela UIA.

 - A arquitetura é a casa e a cidade, é a complexa obra de arte e a simples construção. O Congresso é dos arquitetos, mas é também da sociedade, porque todos têm responsabilidade sobre o espaço construído. Será no Rio, mas é do Brasil, porque precisamos pensar o que se quer para as metrópoles do país. O Congresso é para o mundo, para refletirmos sobre meios de superar desigualdades e segregação - disse o arquiteto Sérgio Magalhães, presidente do Comitê Executivo do UIA2020RIO.

Queima de fogos em Copacabana abre o Ano da Arquitetura no Rio

A programação começa no primeiro segundo de 2020, já na tradicional queima de fogos de Ano Novo na Praia de Copacabana. Pouco depois, o desfile das escolas de samba e os blocos de rua vão levar o tema da arquitetura e a discussão sobre cidades para o Carnaval, a maior festa popular do Rio. A Unidos da Tijuca, por exemplo, levará para a Marquês de Sapucaí o enredo ‘‘Arquitetura e Urbanismo: Onde moram os sonhos’’.

- O UIA2020RIO não é uma conversa de arquiteto para arquiteto, queremos que chegue na sociedade. É preciso que todos entendam que a produção da cidade é parte de cada um de nós - explicou o arquiteto João Pedro Backheuser, Comissário-Geral do UIA2020RIO.

Para Nivaldo Andrade, presidente do IAB, um dos grandes objetivos do evento é valorizar o diálogo entre a arquitetura e a sociedade.
 
- Queremos um debate aberto sobre os desafios da arquitetura e do urbanismo no Brasil e no mundo como desigualdades sociais, fragilidades urbanas, mudanças climáticas, inovações tecnológicas e outros que nós, arquitetos, temos que enfrentar visando construir uma sociedade mais justa e igualitária. 
 
Entre março e junho, serão realizados quatro eventos preparatórios com seminários e debates sobre 12 temas, incluindo Mobilidade Urbana, Assentamento Populares, Saneamento, Patrimônio e Sustentabilidade. Dessas discussões sairão os temas do UIA2020RIO. A abertura do Congresso, no dia 19 de julho, acontecerá no Maracanãzinho, enquanto os debates se realizarão nos armazéns do Porto, no Museu de Arte Moderna e no Palácio Gustavo Capanema, ambos no Centro.

Líderes e empresários de todo o mundo se encontram no Rio

Além do UIA2020RIO e da programação ligada ao título de Capital Mundial da Arquitetura, o Rio vai receber mais dois eventos de grande porte. O primeiro, em 17 e 18 de julho, é o Fórum Mundial das Cidades, reunindo os prefeitos de todas as sedes dos congressos anteriores e da próxima, além de profissionais e jovens líderes.

O segundo, paralelo ao Congresso, será a UIA2020RIO Expo, uma feira internacional de negócios com 10 mil metros quadrados, trazendo o que há de mais avançado nas áreas de Arquitetura, Tecnologia e Construção.

Estado, empresas e sociedade civil juntos

Presente no lançamento da programação, o governador do Estado do Rio, Wilson Witzel, aproveitou para anunciar a criação de uma fundação, o Rio Metropolitano, congregando o governo estadual e prefeitos da Região Metropolitana para enfrentar a desordem urbana e implementar políticas conjuntas de mobilidade e saneamento, entre outras áreas. Representando o prefeito Marcelo Crivella, o secretário Municipal de Turismo, Paulo Jobim, destacou o impacto positivo do evento para a cidade e o importante legado arquitetônico do Rio.

As atividades do UIA2020RIO já estão em pleno andamento. Foram abertas nesta terça-feira as inscrições para dois concursos ligados ao evento. O primeiro, em nível internacional, se destina a estudantes de Arquitetura das maiores universidades do mundo, pensando em soluções aplicáveis ao Rio de Janeiro. O segundo é voltado para trabalhos acadêmicos produzidos no Brasil. Os vencedores serão conhecidos durante o Congresso, em julho de 2020. Haverá ainda premiações para jovens arquitetos.

Para mais informações, consulte o site oficial www.uia2020rio.archi.
 

Galeria de imagens

Post sem comentários! Comentar o post