Descobrir Manuel Vicente é instalada no IAB-RJ

Data: 12/06/2017

Departamento: IAB RJ

A trajetória do arquiteto português Manuel Vicente em Macau, na China, é retratada na exposição “Descobrir Manuel Vicente”, que estará em cartaz na Casa do Arquiteto Oscar Niemeyer, sede do IAB-RJ, no Flamengo, de 19 de junho a 15 de setembro. Inserida no contexto do 27º Congresso Mundial de Arquitetura – UIA2002RIO, cujo tema é “Todos os Mundos. Um só Mundo. Arquitetura 21”, a mostra reúne croquis, catalogação fotográfica de toda a obra do arquiteto e maquetes dos projetos mais significativos construídos em Macau. A abertura ocorrerá na segunda-feira, dia 19, às 18h.
 
Além de uma mostra documental, Descobrir Manuel Vicente visa a estabelecer uma reflexão sobre a obra do arquiteto português, conhecido também como o “arquiteto de Macau”, a partir do ponto de vista daqueles que trabalharam com ele na China, compartilhando pensamento, processo criativo, estratégias e realizações na cidade chinesa.   

Nascido em 1934, em Lisboa, Manuel Vicente estudou arquitetura na Escola de Belas Artes de Lisboa, curso que concluiu em 1962. Mestre pela Universidade da Pensilvânia, trabalhou em Lisboa, Funchal, Goa e Macau, onde desenvolveu grande parte de sua obra e assinou trabalhos como o edifício do World Trade Center (1986) a TDM-Teledifusão de Macau (1986), o Plano da Baía da Praia Grande (1989), o Edifício Luso-Chinês (1991) e a Praça Nam Van (2001).
 
O IAB-RJ abrigará ainda, de 19 de junho a 15 de setembro, a exposição “Matriz urbana portuguesa de frentes marítimas em transformação”. A mostra é resultado de pesquisa que traça correlações entre o processo de criação de cidades nas antigas colônias portuguesas e sua relação, em particular, com a água. Duas cidades se destacam no trabalho: Macau e Rio de Janeiro, criadas durante a expansão portuguesa do século XVI.
 
Macau / Rio de Janeiro: Diálogos lusófonos
 
Na abertura das exposições “Descobrir Manuel Vicente” e “Matriz urbana portuguesa de frentes marítimas em transformação”, o IAB promoverá a mesa-redonda Macau / Rio de Janeiro: Diálogos lusófonos. Participarão da atividade o presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Sérgio Magalhães; o presidente do Conselho de Arquitetura de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro (CAU/RJ), Jerônimo de Moraes; o presidente do Conselho Internacional de Arquitetos de Língua Portuguesa (CIALP) e colaborador do arquiteto Manuel Vicente, Rui Leão; as professoras do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Prourb/FAU-UFRJ) Margareth Pereira e Fabiana Izaga, além de representes do consulado de Portugal e da China.
 
Segundo a organizadora, a arquiteta Fabiana Izaga, a exposição que é composta de dois núcleos desempenha o papel cultural importante que é o de aproximar o Brasil com o mundo das cidades lusófonas e a China, pais que vem cada vez mais ganhando espaço no cenário global.
 
Os conteúdos das exposições são do Prourb/FAU-UFRJ e do Docomomo Macau, com patrocínio cultural do CAU/RJ. A realização é do IAB. Apoiam as mostras o Instituto Cultural do Governo da R.A.E. de Macau; a Fundação Macau; a Fundação Rui Cunha; o Instituto de Engenharia e Construção de Macau; e o CIALP.
 
Serviço
Exposição Macau / Rio de Janeiro – Descobrir Manuel Vicente e Matriz urbana portuguesa de frentes marítimas em transformação
Abertura: 19 de junho, segunda-feira, às 18h
Período de exposição: de 19 de junho a 15 de setembro
Local: Casa do Arquiteto Oscar Niemeyer, sede do IAB-RJ
Endereço: Rua do Pinheiro, 10, Flamengo. Rio de Janeiro – RJ
Horário de visitação: das 12h às 19h
Visitação gratuita
Mais informações: (21) 2557-4480, 2557-4192 ou iabrj@iabrj.org.br
 
Mesa-redonda Macau/Rio de Janeiro: Diálogos lusófonos
Quando: 19 de junho, segunda-feira
Horário: às 19h
Local: Casa do Arquiteto Oscar Niemeyer, sede do IAB-RJ
Entrada gratuita

Post sem comentários! Comentar o post